Skip to main content

A maioria das pessoas que chega aqui na AEPIT querendo fazer uma cirurgia no nariz reclama que tem o nariz feio. Mas será que existe mesmo nariz feio?

Claro que tem o nariz torto, o quebrado, e que precisam mesmo de uma cirurgia para ser alinhado. Mas a rinoplastia é feita, muitas vezes, porque a pessoa quer trocar o formato do nariz. E aí entra a importância de um cirurgião plástico especialista para uma conversa sincera do que é possível ou não ser feito.

É uma cirurgia que precisa ser pensada e o entendimento do paciente é de fundamental importância para que o resultado seja dentro do esperado.

Existem diversos formatos de nariz:

– O nariz do tipo negroide, como o próprio nome indica, está mais presente em negros e afrodescendentes. Como o Brasil é muito miscigenado, esse é um dos formatos mais presentes na sociedade. Ele se caracteriza por narinas mais largas, ponta arredondada, assim como são mais curtos.

– Muito presente em descendentes de asiáticos, o nariz asiático tem como principal característica a pouca elevação do dorso. Sendo assim, as narinas são projetadas para baixo.

– O nariz adunco é fino e alongado, tem sua ponta proeminente e apontada para baixo. Negativamente chamado de “bico”, esse tipo de nariz é originário de várias regiões do mundo, como Oriente Médio, Europa e até mesmo sul da Ásia.

– Também muito comum na população brasileira, o nariz romano tem como principal característica seu tamanho avantajado, além de ter a giba com uma elevação, seja pequena ou maior. Ele é comum em descendentes de italianos, judeus e até mesmo árabes.

Mais do que escolher um nariz que considere “bonito”, entenda que a escolha precisa harmonizar com seu resto! Todo nariz é lindo e fica mais lindo ainda em uma pessoa feliz e satisfeita com sua aparência!

Leave a Reply