Notícia

Transplante de Barba

Ter barba agora é possível através de um transplante que tem resultado definitivo e natural

Para ter uma barba bonita e saudável são necessários alguns cuidados e muita dedicação. E mesmo assim, muitas vezes, as falhas e o volume não ajudam e a barbados sonhos parece um objetivo distante. Mas o que muitos homens ainda não sabem: é possível transplantar parte dos fios de uma região do corpo para outra.

“O transplante de barba passou a ser mais popular nos últimos três anos, tanto por questão de moda, quanto pela avanço tecnológico, como a técnica FUE (sigla em inglês para extração da unidade folicular)”, conta o tricologista Rodrigo Frota, da Aepit Cabelo.

A tecnologia de FUE é a mesma já amplamente utilizada em transplantes capilares, quando os cirurgiões especialistas extraem os folículos um a um, deixando apenas uma pequena cicatriz em forma de ponto no local.

O transplante de barba pode ser feito por homens que não têm barba, por aqueles que têm falha na região ou mesmo pelos que perderam os pelos do rosto por causa de doenças ou cicatrizes. O local que se costuma tirar os pelos para transplantar é da região do pescoço ou da parte posterior da cabeça.

“Os pelos nascem com o mesmo aspecto do lugar onde foi tirado, por isso priorizamos os pelos da própria face”, explica dr. Rodrigo Frota.

Na maioria das vezes uma sessão é suficiente, quem quiser uma barba mais cheia pode fazer mais de uma vez, o procedimento é feito com anestesia local, não dói e não deixa cicatriz. Depois de implantada, a barba pode ser raspada e vai crescer normalmente. É importante lembrar que os fios que foram retirados não voltam a crescer, pois os folículos foram removidos. Quem tem o cabelo muito enrolado pode não ser apto para o transplante, por causa da dificuldade de pinçar os fios.

O resultado definitivo mesmo pode demorar até oito meses para aparecer, porque os fios implantados costumam cair depois de alguns dias, mas crescem logo em seguida.