Notícia

Caspa: seu couro cabeludo reclama

A caspa é uma inflamação crônica em partes do corpo onde existe maior oleosidade. Precisa ser tratada para se ter controle.

A caspa é uma massa de células mortas que cobre o couro cabeludo. Diversas pessoas têm problemas com caspa e sua presença requer acompanhamento médico, pois apesar de não ter cura, ela pode ser tratada e controlada. O desafio maior é saber que tipo de caspa é a sua e ter disciplina para fazer o tratamento passado pelo dermatologista/tricologista.

Dra. Alessandra Juliano, médica especialista em cabelo da Aepit Cabelo, explica que embora seja muito conhecida e comum, a caspa ainda não é tratada com sucesso em 100% dos casos. “A caspa também é chamada de dermatite seborreica e ocorre por uma alteração na produção de sebo nas glândulas sebáceas, que pode ocorrer em áreas como couro cabeludo, face, tronco, sobrancelhas e até nos cílios”, explicou a dra. Alessandra.

A causa ainda é controversa, além de uma susceptibilidade genética podem acarretar a caspa: o clima seco, mudanças bruscas de temperatura, estresse e alterações hormonais.

E depois de estabelecida, as caspas atraem fungos, que complicam muito a situação. “Cada caso pede um tratamento específico, por isso é fundamental conversa com seu médico e fazer um bom diagnóstico. Lembrando que a inflamação de longa duração do couro cabeludo, associada às caspas, pode agravar a calvície”, alerta a dermatologista.

No couro cabeludo seco, a caspa é formada por pequenas e brancas partículas que facilmente se soltam. No couro cabeludo oleoso, as partículas têm maiores dimensões e tendem a fixar-se na raiz do cabelo. A caspa pode ser acompanhada de outro sintoma: causando vermelhidão e escamação na zona circundante da raiz capilar.

É importante frisar, a caspa não é contagiosa e não ocorre devido à falta de higiene e também pode atingir adultos e crianças. Nos recém- nascidos a dermatite seborreica é conhecida como crosta-láctea e é inofensiva e temporária e tem aparência de crosta grossa e amarela ou marrom sobre o couro cabeludo da criança.